Tânia Cristina quer que Prefeitura de Dourados cumpra o piso nacional salarial da enfermagem

Por Redação em 30/08/2023 às 10:17:23

Foto - Francielle Grott/CMD

A vereadora T├ónia Cristina (PP) usou a tribuna da C├ómara Municipal, durante a 28┬¬ sessão ordin├íria, na segunda-feira (28), para cobrar da administração municipal o cumprimento do piso nacional salarial dos profissionais da enfermagem. Ela também apresentou indicação à Mesa para que o executivo encaminhe ao legislativo, em regime de urg├¬ncia, projeto de lei projeto que garanta o pagamento do piso nacional da enfermagem a essa categoria de trabalhadores.

T├ónia relatou que tem sido procurada constantemente pelos profissionais da ├írea de enfermagem que buscam garantir o reconhecimento e valorização e pelo cumprimento do piso, que j├í est├í garantido em v├írias cidades, inclusive de Mato Grosso do Sul.

A vereadora observou em sua fala que o Ministério da Saúde j├í fez o repasse de recurso complementar ao município de Dourados, um montante de R$ 2.848.549,00, que, "no entanto, ainda não foi assegurado a esses profissionais na rede pública em Dourados".

"O dinheiro j├í est├í aí [na conta do município], agora cabe ao executivo apresentar a forma de distribuição, porque, por mais que os recursos sejam vinculados, devendo ser utilizados para esse fim específico, a efetividade, a distribuição dessa verba complementar, passa pela discricionariedade/liberdade de escolha da administração", apontou a vereadora.

T├ónia lembrou que em Campo Grande a prefeita Adriana Lopes anunciou, quinta-feira (24), que j├í encaminhou o projeto para apreciação da C├ómara de Vereadores e o piso começar├í a ser pago na próxima folha de pagamento, j├í no dia 06 de setembro. "Parabenizo a prefeita, que é do mesmo partido meu, o PP, pela atitude, celeridade e reconhecimento aos profissionais da enfermagem, e desafio a administração de Dourados a reproduzir o mesmo cuidado com os profissionais", mencionou.

A vereadora concluiu afirmando que "uma vez encaminhado o projeto em caráter de urgência, o plenário já poderia apreciar e aprovar, possibilitando que o piso salarial da enfermagem fosse garantido ainda nesta folha de pagamento".

Por Assessoria.


Comunicar erro
Anuncie

Comentários

Liziane Matos