Governo Federal aprova e Dourados terá ferrovia com investimento de R$ 2,85 bilhões

Por Redação em 05/09/2021 às 18:09:16

(Foto: Divulgação)

Dourados será contemplada no plano de modernização das ferrovias do Governo Federal com uma estrada de ferro de 76 quilômetros, que ligará o município até Maracaju. Trecho importante para o escoamento de comodities, a via receberá investimento de R$ 2,85 bilhões nos próximos anos da Ferroeste.

Com a construção da estrada de ferro, Dourados terá ligação direta com a ferrovia da "Malha-Oeste Rumo", que liga Ponta Porã até Campo Grande, e da Capital segue até Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia (sentido oeste) e até Santos, em São Paulo (sentido leste).

Isso significa que o escoamento da produção será mais rápido e barato, o que aumenta a competitividade dos produtos douradenses. Desde janeiro, o prefeito Alan Guedes e o secretário de Governo, Henrique Sartori, articulavam junto ao ministro Tarcísio Gomes de Freitas (Infraestrutura) a permanência de Dourados no plano do marco legal do transporte ferroviário.

Em 27 de abril, o prefeito Alan Guedes solicitou o apoio da pasta para a instalação de um terminal de logística e infraestrutura intermodal no município. A instalação do terminal é fundamental para garantir mais competitividade às commodities produzidas em Mato Grosso do Sul. "Dourados é uma cidade referência para os municípios da região do sul do Estado. Este investimento terá impacto na vida de mais de 1 milhão de pessoas", disse o secretário Sartori.

Já o prefeito Alan Guedes lembra que além da ferrovia, Dourados também terá grande projetos de infraestrutura para os próximos anos. "Conquistamos a autorização para emprestar capital no Fonplata nesta quinta-feira (2) para grandes projetos de infraestrutura. São boas notícias para a nossa população, é o nosso trabalho por Dourados. Estamos construindo uma nova história para nossa cidade", disse.

Setembro Ferroviário

Previsto na Medida Provisória 1.065/2021, o programa Pro Trilhos vai impulsionar o surgimento de novas ferrovias, de forma mais célere e simplificada, a partir do instrumento da autorização. Fazem parte do "Setembro Ferroviário" a autorização para construção de novas linhas férreas e novidades em empreendimentos em regiões consideradas estratégicas no Brasil.


Por Assessoria.

Comunicar erro

Comentários

Anuncie