Hemosul orienta sobre intervalos entre vacinas e doação de sangue

Por Redação em 13/04/2021 às 11:02:27

(Foto: Divulgação)

Duas campanhas de imuniza√ß√£o ocorrem simultaneamente em todo Brasil: a da Covid-19 e a da gripe. Além de administrar o intervalo recomendado entre as doses, a Rede Hemosul orienta sobre o tempo de espera para quem tomou as vacinas doarem sangue.

"O cen√°rio ideal é que nossos doadores compare√ßam as unidades da Rede Hemosul e fa√ßam a doa√ß√£o antes de tomar a vacina, mas caso n√£o seja possível, é importante observar os intervalos recomendados pela legisla√ß√£o de sangue no Brasil", destaca a coordenadora da Rede Hemosul, Marli Vavas.

O intervalo entre a vacina√ß√£o e a doa√ß√£o é uma recomenda√ß√£o da Ag√™ncia Nacional de Vigil√Ęncia Sanit√°ria (Anvisa), v√°lida para todos os servi√ßos de hemoterapia e hemocentros do País, e tem objetivo de garantir maior seguran√ßa para os pacientes.

Vacina H1N1

A recomenda√ß√£o do Hemosul é que o cidad√£o que receba a vacina contra a gripe espere 48 horas (dois dias) fazer a doa√ß√£o na capital ou nas unidades da Rede Hemosul no interior do Estado. A Campanha de Imuniza√ß√£o contra a Influenza em Mato Grosso do Sul come√ßou no dia 12 de abril e vai até 9 de julho.

Vacina Coronavac

Pessoas pertencentes aos grupos que recebem a vacina Coronavac, produzida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, podem doar sangue após 48h (dois dias). A regra é v√°lida tanto para primeira quanto para segunda dose do imunizante.

Vacina AstraZeneca

Diferente das outras vacinas, H1N1 e Coronavac, o prazo para quem receber a vacina AstraZeneca doar sangue é de 7 dias (168 horas) após a aplica√ß√£o. Esse tempo de espera varia de acordo com a produ√ß√£o do imunizante.

Para pessoas contempladas no grupo priorit√°rio para a influenza e que ainda n√£o foram vacinadas contra a COVID-19, a Secretaria de Estado de Saúde recomenda que seja priorizada a administra√ß√£o da vacina COVID- 19. Outro ponto importante é que nestes casos, deve-se agendar a vacina influenza respeitando o intervalo mínimo de 15 dias entre as vacinas.

Mireli Obando, Subcom


Comunicar erro
Anuncie

Coment√°rios