Sábado, 17 de Novembro de 2018
(67) 9 8139-0667

publicidade
 
14/05/2018 - 06:32
Fim de semana sangrento com ataques terroristas em três países
O mais recente ocorreu nesta segunda-feira em Surabaia
REUTERS/Beawiharta

O fim de semana foi marcado por uma série de atentados terroristas em pelo três cidades: Paris, Jalalabad, Surabaia. O mais recente foi cometido neste segunda-feira (14), em uma Delegacia de Surabaia, na Indonésia. Pelo três pessoas morreram e outras três ficaram feridas, entre elas uma criança de oito anos. Conforme o chefe de polícia local, uma mesma família, dividida em duas motos, explodiram os artefatos no controle de segurança de entrada.

Uma outra explosão, em situação semelhante teria ocorrido também em Surabaia, na noite do domingo (13). Desta vez, a bomba teria sido detonada dentro de uma casa, onde, segundo o porta-voz da polícia da província de Java Oriental, Frans Barung Mengera, citado pela agência EFE, vivia uma família de seis pessoas: um casal e os quatro filhos.

A mulher e um dos filhos morreram na explosão. O pai teria sido flagrado pelas forças de segurança, momentos depois, segurando o interruptor de um explosivo. "O suspeito foi atingido e abatido com o interruptor na mão", afirmou Mengera.

Mais cedo, ainda neste domingo, na mesma cidade de Surabaia, três igrejas foram atacadas. Pelo menos 11 pessoas e deixaram 41 feridas. De acordo com a polícia, os atentados foram realizados por cinco homens-bomba, incluindo uma mulher que levava duas crianças - essa mulher, inclusive, furou um bloqueio montado pela polícia diante da igreja e realizou a detonação dos explosivos ao abraçar outro civil.

Os ataques na Indonésia, além do de Jalalabad, no Afeganistão, e do de Paris, capital da França, no sábado (12), foram reinvidicados pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI). Apenas os atentados da noite deste domingo e da manhã desta segunda permanecem "sem autoria". Ainda no domingo, o EI assumiu a autoria do carro-bomba que explodiu em Jalalabad, no Afeganistão. Quinze pessoas morreram e outras 42 ficaram feridas na ação, que envolveu ainda atiradores.

Na noite do sábado (12), cinco pessoas foram esfaqueadas no centro de Paris. Segundo a imprensa local, o suspeito seria um jovem francês, nascido na Chechênia. A informação foi revelada pelo porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da França, Frederic de Lanouvelle. Segundo ele, o homem não tinha nenhum registro de antecedentes criminais.

Deixe seu Comentário
publicidade
Facebook

facebook googleplus pinterest twitter